Política Agrícola

Açúcar e cereais vão passar a ter observatório europeu

fim das quotas do açúcar

O Comissário Europeu para a Agricultura, Phil Hogan, anunciou na passada semana que serão criados ainda este ano dois observatórios europeus para a monitorização dos cereais e do açúcar, que no próximo dia 1 de outubro deixará de ter quotas.

Existem atualmente outros dois observatórios europeus – para o leite e para a carne -, que segundo o comissário Phil Hogan têm-se mostrado “ferramentas úteis para garantir a transparência do mercado e a sua análise”.

Nesse sentido, o responsável pela política agrícola europeia decidiu criar observatórios também para os cereais e para o açúcar, que deverão estar implementados antes do verão de 2017 e que estarão focados em dois grandes objetivos: disseminação de dados de mercado e análise de mercado a curto prazo.

Phil Hogan, que recentemente marcou presença no Salão Internacional de Agricultura de Paris, refere que decidiu ouvir “os pedidos dos produtores de cereais quanto à necessidade de monitorizar este mercado mais de perto, dada a importância do setor para a agricultura da UE, e em relação ao fim do regime de quotas no setor do açúcar”.