Investigação

Afinal quem inventou a agricultura foram as formigas

formigas cortadeiras é que inventaram a agricultura

Com o objetivo de combater as secas, as formigas criaram a agricultura, milhões de anos antes do Homem. A conclusão é de um estudo recentemente publicado na revista científica Proceedings of the Royal Society B, uma investigação que se debruça sobre as formigas-cortadeiras, insetos encontrados exclusivamente nas regiões tropicais e subtropicais das Américas e que desenvolveram um sistema agrícola baseado no mutualismo, alimentando-se de um fungo (cogumelos) que cresce nas câmaras subterrâneas dos seus ninhos.

Na verdade, as competências para a agricultura deste tipo de formigas já eram conhecidas pela comunidade científica, contudo, a forma como estes insetos começaram a cultivar cogumelos milhões de anos antes de o Homem descobrir a agricultura permanecia um mistério.

Até aqui, acreditava-se que a prática tinha começado com uma primeira formiga, tendo sido depois perpetuada pelos seus descendentes, mas de acordo com o estudo agora publicado, a realidade terá sido mais complexa que isso.

Segundo a investigação, estas formigas são capazes de proteger as suas culturas de doenças, de parasitas e das secas a um nível de eficácia que, de acordo com os autores do estudo, rivaliza com a agricultura humana.

Michael Branstetter, um dos autores do estudo, explica que “descobrimos que as formigas provavelmente se iniciaram na agricultura nos habitats secos da América do Sul” em áreas onde os fungos que necessitam de humidade não poderiam crescer em estado selvagem. “Também descobrimos que o cultivo de cogumelos começou há 30 milhões de anos, durante um período no qual o planeta estava a arrefecer e as zonas secas iam-se estendendo”, acrescenta.