Vinhos Verdes

3 M€ para promover “a origem do Alvarinho”

O Plano de Promoção da sub-Região de Monção e Melgaço arranca ainda este ano e contará com três milhões de euros, para um período de seis anos, que servirão para promover “a origem do Alvarinho” com um selo de garantia exclusivo. As ações de promoção do território da região dos Vinhos Verdes estarão a cargo da Comissão de Viticultura da Região dos Vinhos Verdes (CVRVV).

Fruto do “Acordo Alvarinho”, o Plano de Promoção efetiva a certificação da autenticidade, origem e qualidade dos vinhos de Monção e Melgaço através da criação de um selo de garantia novo e exclusivo atribuído pela CVRVV e que pretende sublinhar “um segmento de maior valorização dentro do universo ‘Vinho Verde’”, segundo a CVRVV.

Paralelamente, esta ação de promoção da região incluirá campanhas publicitárias, programas de formação, apresentações à comunicação social e ao trade ou provas técnicas que potenciem as características diferenciadoras dos produtos vínicos de Monção e Melgaço.

Para o Presidente da CVRVV, Manuel Pinheiro, “este é um projeto aliciante e com fortes indicadores de sucesso, uma vez que se trata de uma sub-Região com características muito particulares e largamente apreciadas na sua diferença. Certificar com um selo de qualidade superior os vinhos de Monção e Melgaço é uma forma de reconhecimento do extraordinário trabalho que foi desenvolvido naquele que é considerado o berço do Alvarinho. 2016 é um ano de arranque e de certeza, pois temos seis anos para fazer chegar ainda mais longe a sub-Região que tanto se distingue na Região dos Vinhos Verdes.”