Agroindústria

Os smartphones de cortiça estão de volta

Os smartphones de cortiça estão de volta

A IKI Mobile, que recentemente inaugurou uma unidade de produção em Coruche, fruto de um investimento de 1,6 milhões de euros, anunciou esta semana que irá continuar a apostar na cortiça na produção dos seus smartphones.

De acordo com a empresa nacional, o novo topo de gama da marca chama-se Bless Plus e terá várias componentes em cortiça que lhe garantem características como “proteção da radiação da bateria” e “melhor isolamento térmico dos equipamentos”.

Para além deste smartphone, a IKI Mobile irá lançar também o Bless Classic, uma reedição do primeiro smartphone do mundo feito com componentes em cortiça, o KF5 Bless Cork Edition.

Os smartphones de cortiça estão de volta

Tito Cardoso, administrador da IKI Mobile

“Cremos que a nova gama de produtos da IKI Mobile elevará a marca a um novo patamar. Este é o nosso caminho, o caminho do crescimento contínuo e sustentado. A inauguração da fábrica em Portugal dá-nos segurança e autonomia, sendo que está localizada naquilo que acreditamos ser o centro do globo: Portugal e a Europa, próxima de mercados como o americano ou o africano. Queremos estar em todos os países do mundo”, explica o administrador da IKI Mobile, Tito Cardoso.

Estes equipamentos serão produzidos na unidade fabril da marca portuguesa, a primeira fábrica de telemóveis da Península Ibérica, inaugurada no início do mês de fevereiro em Coruche. Com 2100 metros quadrados, a fábrica tem a possibilidade de produzir 12 mil moldes de plástico por dia, através da sua linha de injeção, e deverá criar cerca de 400 postos de trabalho.