Agroindústria

Produção de açúcar da UE deverá aumentar 12% até 2030

Produção de açúcar da UE deverá aumentar 12% até 2030

A produção de açúcar da União Europeia deverá crescer cerca de 12% até 2030. As previsões são da Comissão Europeia, que estima um ‘momento de inflação’ para o setor açucareiro depois do fim das quotas de produção de açúcar no espaço comunitário no passado dia 1 de outubro.

 As estimativas da Comissão Europeia para o período 2017-2030 revelam que a produção de açúcar na União Europeia deverá crescer cerca de 12% em comparação com a média dos últimos cinco anos, debaixo de um regime de quotas.

Na campanha de 2016/2017 foram produzidas cerca de 16,8 milhões de toneladas de açúcar branco na União Europeia, gerando existências de cerca de 1,3 milhões de toneladas no final da campanha. Na campanha de 2017/2018 é esperada uma produção de açúcar branco de 20,5 milhões de toneladas-

As previsões reveladas pela Comissão Europeia indicam ainda que face ao fim das quotas de produção de açúcar no espaço comunitário, as importações deste bem deverão registar uma quebra substancial. Por outro lado, o consumo de açúcar também tem vindo a diminuir.

Espera-se que, na União Europeia, o consumo de açúcar passe de 18,5 milhões de toneladas em 2017/2018 para 17,5 milhões de toneladas em 2030/2031, uma quebra de 5%.

Este ano, o Comissário Europeu da Agricultura, Phil Hogan, anunciou a criação de um observatório europeu para a monitorização do setor do açúcar, uma medida para “garantir a transparência do mercado e a sua análise”.