Pecuária

União Europeia cria centro de referência para o bem-estar animal

Camboja aberto para a exportação de carne de suíno nacional

A Comissão Europeia vai criar o primeiro centro de referência para o bem-estar animal da União Europeia, uma medida que vem reforçar a aposta da comunidade europeia no desenvolvimento de standards de bem-estar para os animais e que surge depois da criação da Plataforma da União Europeia para o Bem-Estar Animal, constituída em 2017.

Depois de um processo de seleção público, este centro de referência para o bem-estar animal será constituído pelo Wageningen Livestock Research, da Holanda, pelo Instituto Friedrich Loeffler, na Alemanha, e pelo Departamento de Ciência Animal da Universidade de Aarhus, na Dinamarca.

Numa primeira fase, este centro de referência, cuja constituição será revista de cinco em cinco anos, estará focado no bem-estar dos suínos, uma das prioridades da Comissão Europeia no que diz respeito ao bem-estar animal.

De acordo com a Comissão Europeia, os objetivos desta organização para o bem-estar animal passam por prestar assistência técnica aos Estados-Membro, nomeadamente nos controlos oficiais de campo para o bem-estar animal. Para além disso, esta instituição terá como missão promover e difundir boas práticas na União Europeia, em particular, através da promoção de conhecimento científico e técnico, realização de estudos e desenvolvimento de novas metodologias para avaliar os níveis de bem-estar dos animais e a sua respetiva melhoria.

Nesse sentido, o centro de referência para o bem-estar animal da União Europeia terá planos de trabalho anuais ou plurianuais estabelecidos em conformidade com os objetivos e prioridades dos programas aprovados pela Comissão Europeia.