Regadio

Anuário Agrícola de Alqueva já está disponível online

barragem de Alqueva

A EDIA, entidade responsável pela gestão da infraestruturas de Alqueva, já disponibilizou online a segunda edição do Anuário Agrícola de Alqueva, desta feita referente ao ano de 2016. De acordo com a empresa, o objetivo deste documento é “permitir o acesso dos agricultores à informação técnico-económica sobre as culturas praticadas na área de influência de Alqueva.”

O documento disponibiliza informações sobre várias culturas, a sua rentabilidade económica e análise das tendências variáveis de mercados nacionais e internacionais.

“Um dos instrumentos utilizados na elaboração do Anuário é o SISAP, Sistema de Apoio à Determinação da Aptidão Cultural dos Solos, uma aplicação desenvolvida pela EDIA e pelo Instituto Superior de Agronomia, a qual permite aferir a viabilidade técnica, económica e ambiental de uma determinada cultura na parcela escolhida pelo agricultor, ou, numa forma mais lata, aplicando essa pesquisa a toda a área servida pelo Empreendimento de Fins Múltiplos de Alqueva”, refere a EDIA.

O Projeto de Alqueva completou em 2016 a instalação de 120 mil hectares de regadio que estavam previstos, estando toda esta área agora disponível para a campanha de rega de 2017. Para além disso, a EDIA está a desenvolver os projetos para a instalação de mais 47 mil hectares correspondentes à ampliação do projeto nas áreas limítrofes, aguardando-se a decisão de financiamento do Banco Europeu de Investimento ao abrigo do ‘Plano Juncker’.