Hortofrutícolas

Brexit eleva preço do morango no Reino Unido

morango

Os morangos deverão passar a custar muito mais aos consumidores do Reino Unido muito em breve. De acordo com a European Supermarket Magazine, os produtores britânicos precisam de recorrer a trabalhadores estrangeiros para a colheita do fruto, mas as restrições impostas pelo Brexit estão a deixá-los sem trabalhadores suficientes.

Um estudo publicado recentemente pela empresa British Summer Fruits, revela que os preços dos morangos e das framboesas deverão aumentar entre 35% a 50% se os produtores britânicos perderem o acesso a trabalhadores, a maioria dos quais são provenientes de outros países da União Europeia.

“Se o acesso de trabalhadores sazonais não puder ser garantido, iremos ver muita fruta a ficar nos campos por apanhar e os produtores a moverem as suas operações para países com melhor acesso a trabalhadores”, refere a British Summer Fruits.

O setor agrícola deverá ser um dos mais afetados pela saída do Reino Unido da União Europeia, nomeadamente pelas dificuldades que irá criar no acesso a trabalhadores sazonais. Segundo a European Supermarket Magazine, os produtores de pequenos frutos britânicos empregam cerca de 29 mil trabalhadores sazonais, o que representa cerca de um terço dos postos de trabalho agrícolas da região.

Uma das propostas apresentadas pela British Summer Fruits para garantir que os produtores têm acesso aos trabalhadores de que necessitam na fase de colheita é a criação de um programa que permita aos trabalhadores sazonais entrarem no Reino Unido com contratos de termo certo.