Agricultura

Preço de produtos agrícolas no produtor volta a crescer

Preço de produtos agrícolas no produtor volta a crescer

O preço dos produtos agrícolas no produtor registou um crescimento no mês de novembro de 2019, segundo o Boletim Mensal da Agricultura e Pescas de dezembro de 2019, publicado pelo Instituto Nacional de Estatística (INE).

Em novembro de 2019, as variações positivas de maior relevância no índice de preços de produtos agrícolas no produtor verificaram-se nos suínos (+32,7%), ovos (+11,5%), aves de capoeira (+5,2%) e hortícolas frescos (+3,9%).

Contudo, registou-se uma diminuição no índice de preços da batata (-34,5%), azeite a granel (-16,6%), frutos (-12,3%), ovinos e caprinos (-5,4%), plantas e flores (-2,9%) e bovinos (-2,5%).

Hortícolas frescos com maior crescimento

Em relação ao mês anterior, as maiores variações ocorreram nos hortícolas frescos (+11,7%), azeite a granel (+11,2%) e frutos (-21,8%).

Em setembro de 2019, tinha-se verificado um decréscimo de 0,5% no índice de preços de bens e serviços de consumo corrente, devido à variação do índice de preço das sementes (-9,5%). Comparativamente ao mês anterior, no índice de preços de bens e serviços de consumo corrente verificou-se uma descida 0,2%, provocada pela evolução do índice de preços da energia e lubrificantes (-1,6%).

O índice de preços de bens e serviços de investimento aumentou 1,9%, devido ao aumento do índice de preços das máquinas de colheita (+2,8%), motocultivadores e outros materiais de duas rodas e tratores (+2,1%).

O Boletim Mensal da Agricultura e Pescas divulga um conjunto de informação conjuntural relativa ao setor primário e pode ser consultado aqui.