Vinhos

Douro deverá produzir cerca de 288 mil pipas nesta campanha

Produção de vinhos do Douro deverá crescer nesta campanha

A Associação de Desenvolvimento da Viticultura Duriense (ADVID) prevê um aumento da produção para entre 266 e 288 mil pipas nesta vindima. As previsões apresentadas esta semana revelam que produção de vinhos do Douro poderá crescer entre 13% a 22%, face à campanha anterior.

Rosa Amador, diretora-geral da ADVID, revelou durante a apresentação destes números que o ano de 2017 está a ser um bom ano para a vinha, sem registo de “problemas fitossanitários”. Contudo, indicou que “os problemas este ano são mais ao nível da temperatura e da falta de água. Temos um ano quente e seco. A falta de água já se nota essencialmente no Cima Corgo e Douro Superior”.

Segundo a responsável, a manter-se a falta de água, poderão existir repercussões “no sentido da produção ser menos do que as previsões. As previsões são feitas com base no pólen, não estamos a fazer previsões de produção com ocorrências pós florais”.

Espera-se ainda que este ano a vindima seja mais cedo. De acordo com Rosa Amador, “quem vai de férias em agosto, poderá ter de voltar”. Prevê-se, no entanto, uma “vindima de qualidade”.