Vinha e Vinho

Ervideira fatura mais de 1 M€ de no primeiro semestre

Ervideira fatura mais de 1 M€ de no primeiro semestre

A Ervideira, produtor vitivinícola alentejano, faturou mais de 1 milhão de euros nos primeiros seis meses do ano, um crescimento de 5% face ao período homólogo. Até ao final do ano, a Ervideira pretende ultrapassar os dois milhões de euros de faturação e os 10% de lucro.

Duarte Leal da Costa, Diretor Executivo da Ervideira, explica que “os nossos resultados de faturação vão ao encontro do posicionamento que definimos: vendemos menos, mas faturamos mais, ao ganharmos território e reputação no segmento dos topos de gama”, com marcas como Conde D’Ervideira e Invisível.

A estratégia da Ervideira tem assentado na promoção dos seus vinhos premium e super premium, nomeadamente com o lançamento de referências como o Vinho Da Água, um vinho que estagiou a 30 metros de profundidade no Grande Lago de Alqueva.

Para a Ervideira, estes vinhos exclusivos têm permitido consolidar as vendas no segmento dos vinhos topo de gama. “O mercado de vinhos é de tal maneira competitivo que é preciso traçar uma estratégia a longo prazo, não aceder a facilitismos, cumprindo à risca quer o orçamento, quer a estratégia, sempre focado nos resultados, pois neste sector é muito fácil cair em prejuízo”, acrescenta Duarte Leal da Costa.

A empresa refere também que pretende continuar a apostar nos mercados externos, que representam já 40% da sua faturação. No primeiro semestre deste ano, o mercado belga revelou-se o mais importante para a Ervideira, assim como o continente asiático, que assinou diversos “contratos de relevo”.

Importa ainda referir o peso das três Wine Shops da Ervideira, que representaram um total de 40% da faturação do mercado interno, quase 20% da faturação da empresa.