Seca

Governo quer debater seca nacional no Conselho de Ministros da Agricultura da UE

seca-Vida-Rural

O Governo apresentou a Bruxelas um pedido para que a seca que o país atravessa seja colocada na agenda da próxima reunião do Conselho de Ministros da Agricultura da União Europeia.

No âmbito desta reunião, que se realiza nos dias 17 e 18 de julho, o Executivo nacional pretende aprovar medidas de apoio aos agricultores afetados pela seca, um pedido ao qual os nossos vizinhos espanhóis já mostraram interesse em associar-se.

Em outubro de 2016, o Governo português abriu um concurso de 3 milhões de euros para financiar captações de água e equipamentos de transporte de água nos nove concelhos do Baixo Alentejo mais afetados pela seca que o país atravessa. Esta medida será, em breve, estendida a outros concelhos “à medida que a evolução da situação o justificar e à qual foram apresentadas cerca de 200 candidaturas”, revela o Ministério da Agricultura.

Para além disso, o Ministério da Agricultura já anunciou também o adiantamento de uma percentagem mínima de 70% dos pagamentos do I e II pilares da PAC para o mês de outubro, o corresponde a um montante global superior a 400 milhões de euros.

Portugal apoia Declaração da Década da Agricultura Familiar

O ministro da Agricultura esteve também recentemente reunido com o Diretor Geral da FAO, José Graziano da Silva, a quem manifestou o apoio do país à Declaração da Década da Agricultura Familiar.

Capoulas Santos aproveitou o encontro para discutir a de organização de um evento conjunto de dimensão internacional em Lisboa, dedicado à promoção da Pequena Agricultura Familiar em Portugal e nos Países da CPLP, uma iniciativa que contará com a participação de José Graziano da Silva.