Greening

Greening tem novas regras

Greening tem novas regras

Já estão definidas as novas regras do greening. De acordo com a Comissão Europeia, estas novas regras vêm simplificar a aplicação e o cumprimento e melhorar a performance ambiental dos produtores agrícolas europeus.

Entre as novidades que agora entram em vigor, destaque para a fixação do período de pousio das terras agrícolas – que não deverá ser inferior a seis meses – por cada um dos Estados-Membros.

Para além disso, as novas regras do greening flexibilizam as culturas que podem ser cultivadas, permitindo agora as leguminosas, assim como a mistura de culturas fixadoras de azoto. Importa ainda referir que a utilização de pesticidas em zonas de interesse ecológico que são produtivas ou potencialmente produtivas está proibida.

De acordo com a publicação Farming UK, outra das coisas que agora muda é que existe uma definição mais simplificada daquilo que é uma zona de interesse ecológico (EFA), assim como dos parâmetros que devem ser atingidos para que uma superfície possa ser classificada dessa forma.

Estas medidas podem começar já a ser aplicadas pelos Estados-Membros, contudo, o regulamento passará a aplicar-se de forma formal apenas em 2018.