Castas de Portugal

Castas de Portugal: Moreto

Castas de Portugal: conheça a casta Moreto

Casta autóctone portuguesa

Sinónimos Reconhecidos: Não tem.

A actual utilização para plantações desta casta é inferior a 0,5%.

Informação Viticert

Morfologia

Extremidade do ramo jovem: Aberta, com orla carmim e elevada densidade de pêlos prostrados.

Folha Jovem: Verde, página inferior com elevada densidade de pêlos prostrados.

Flor: Hermafrodita.

Pâmpanos: Estriado de vermelho, com gomos verdes.

Folha Adulta: De tamanho médio, pentagonal, com cinco lóbulos. Limbo verde médio, irregular, medianamente bolhoso e enrugado. Página inferior com elevada densidade de pelos prostrados e média densidade de pêlos erectos. Dentes médios e convexos. Seio peciolar e seios laterais fechados, com base em V.

Cacho: Pequeno, cónico alado, compacto. Pedúnculo curto.

Bago: Arredondado, médio e negro-azul; película espessa, polpa mole.

Sarmento: Castanho escuro.

Dr. Eiras Dias INIAP-EVN

Folha da casta Moreto, casta autóctone portuguesa

Fenologia

Abrolhamento: Precoce, 2 dias após a ‘Castelão’.

Floração: Época média, 7 dias após a ‘Castelão’.

Pintor: Médio, 4 dias após a ‘Castelão’.

Maturação: Tardia, uma semanas após a ‘Castelão’.

Dr. Eiras Dias INIAP-EVN

Fisiologia

Porte semi-erecto. Vigor médio. Bastante produtiva. Pouco sensível ao desavinho.

Dr. Eiras Dias INIAP-EVN

Valor genético

Variabilidade intravarietal do rendimento médio em estudo.

Prof. Antero Martins ISA

Casta classificada

Vinho Regional das Beiras, Estremadura, Ribatejano, Terras do Sado, Alentejano e Algarve.

Nos DOC Alentejano nas sub-regiões de Évora, Granja-Amareleja, Moura, Vidigueira e Lagoa.

Informação Anuário IVV

Descrição geral

A casta Moreto é ainda uma das principais castas dos encepamentos tintos do Alentejo (tendência para baixar a sua representatividade), nomeadamente nas sub-regiões vitícolas da Granja-Amareleja, Borba, Redondo e Reguengos. Casta produtiva, de maturação tardia, com baixos teores de açúcares, pelo que é geralmente a última casta a ser vindimada. Casta de elevada robustez e produtividade, indicada para zonas de calor extremo.

Rama da casta Moreto

Publicação CVRA

Descrição do vinho monovarietal

As uvas entram geralmente num lote com outras castas não sendo usual a vinificação estreme. O teor de álcool provável é normalmente baixo apesar de ser tardia. Os seus aromas são pouco intensos, sobressaindo notas de frutos vermelhos, com alguma complexidade. Vinhos a colocar no mercado no ano, com juventude, macios e de longevidade limitada.

Publicação CVRA

Qualidade do material vegetativo

Material policlonal garantia Porvitis. Material certificado clone: 51 JBP.

Alguns vinhos no mercado

Não existem vinhos elementares.