Cereais

Luís Souto Barreiros vai coordenar grupo de trabalho de cereais criado pelo ministério da Agricultura

cereais - Vida Rural

O engenheiro Luís Souto Barreiros, ex-presidente do IFAP que cessou funções este ano, vai coordenar o grupo de trabalho que tem como missão propor uma estratégia nacional para os cereais. Este grupo de trabalho foi criado pelo ministério da Agricultura, por despacho, e terá como objetivos identificar “os principais estrangulamentos e propor as medidas adequadas visando inverter a tendência de diminuição de produção”.

Para além de Luís Souto Barreiros, em representação do Gabinete de Planeamento, Políticas e Administração Geral (GPP), farão ainda parte deste grupo de trabalho o Instituto Nacional de Investigação Agrária e Veterinária, a Associação Nacional de Produtores de Cereais e a Associação Nacional de Produtores de Milho e Sorgo.

Este grupo deverá reunir sempre que for convocado pelo seu coordenador, podendo convidar outras entidades “que se revistam de interesse e relevância para o assunto em apreço”, refere o despacho do ministério.

Este grupo terá agora 180 dias, a contar da data de publicação do despacho, para apresentar ao Ministério da Agricultura, para homologação, a sua proposta de estratégia nacional e de plano de ação para a promoção e desenvolvimento da cultura dos cereais em Portugal.