Hortofrutícolas

Município do Cadaval vai usar resíduos de fruta para fertilizar espaços verdes

Pera Rocha

O Município do Cadaval e a Cooperativa Agrícola dos fruticultores do Cadaval (COOPVAL) assinaram recentemente uma parceria que se irá traduzir na utilização de resíduos resultantes da calibragem da fruta como fertilizante natural dos espaços verdes do município. De acordo com a Câmara Municipal, a recolha do primeiro lote de vermicomposto já foi feita.

A COOPVAL, central de armazenamento de fruta (embalagem, conservação e comercialização), produz um vermicomposto a partir do aproveitamento dos subprodutos da calibragem, nomeadamente folhas e pedúnculos, um tipo de compostagem em que se usam minhocas para acelerar o processo de degradação da matéria orgânica.

“Trata-se de uma técnica que permite reduzir o lixo de forma sustentável, constituindo o vermicomposto um fertilizante natural muito rico em nutrientes, e que, neste caso, permite dar um destino útil aos subprodutos resultantes da calibragem”, refere o município numa nota enviada às redações.