Agricultura

Produção de noz e amêndoa em risco devido à geada

amêndoa - Vida Rural

As geadas da última semana poderão ter colocado em risco parte da produção de nozes e amêndoas da região Norte do país. De acordo com o Diário de Notícias, os agricultores da região de Valpaços já revelaram que poderão estar em causa “quebras elevadas” na produção deste ano e do próximo ano.

De acordo com Manuel Teixeira, produtor de Cancelo ouvido pela Lusa, “a produção vai ser zero. É que está em risco a produção deste ano e a produção do ano que vem. A geada queimou o fruto que estava a germinar e queimou a rama toda. A árvore está nua como que seja em pleno inverno.”

Uma primavera quente fez com que as flores e os frutos das árvores tenham nascido mais cedo, contudo, com as geadas que agora caíram no país tudo ficou destruído.

O autarca de Valpaços, Amílcar Almeida, já se juntou aos produtores da região e revelou à imprensa que este ano será muito difícil para o concelho no que diz respeito à produção agrícola, com elevadas perdas.

“Tivemos um prolongar do inverno, temos tido geadas, ainda há dois dias tivemos noites que atingiram um grau. Temos vinhas que parecem quase folha de tabaco, para além do feijão ou até das nogueiras”, explicou.

De acordo com o Diário de Notícias, a agricultura gera cerca de 100 milhões de euros anuais para o concelho de Valpaços, sobretudo graças a culturas como a castanha, o azeite e o vinho.