Agricultura

FAO vai financiar projetos para uso de águas residuais na agricultura

Governo ambiciona criar ‘pequenos Alquevas’ por todo o país

A FAO, Organização das Nações Unidas para a Alimentação e Agricultura, vai investir cerca de 350 mil euros em projetos para a utilização de águas residuais na agricultura de Cabo Verde. O objetivo é aumentar a disponibilidade e qualidade da água utilizada na agricultura do país.

De acordo com o Diário de Notícias, o ministro da Agricultura e Ambiente de Cabo Verde, Gilberto Silva, sublinha a importância deste tipo de iniciativas num país em que a água é um bem escasso, obrigando a adotar políticas de gestão.

Para o responsável pela agricultura cabo-verdiana, “a gestão da água no arquipélago tem de incluir necessariamente a reutilização das águas tratadas”, como acontece já em países como Israel, que utiliza 86% das suas águas residuais tratadas na agricultura.