Financiamento

Governo tem 35 M€ para a floresta e para o setor agrícola

Governo tem 35 M€ para a floresta e para o setor agrícola

O ministro da Agricultura, Capoulas Santos, anunciou este fim de semana, depois do Conselho de Ministros extraordinário, que serão disponibilizados cerca de 35 milhões de euros de apoios à floresta e ao setor agrícola. De acordo com o responsável pela pasta da Agricultura, esta verba deverá ser utilizada para apoiar a alimentação animal dos animais vítimas dos incêndios dos incêndios do passado dia 15 de outubro e para depósito e comercialização da madeira ardida.

Capoulas Santos revelou que cerca de 15 milhões de euros vão ser alocados para “acudir os problemas mais graves” da erosão dos solos e contaminação das águas e que, na área florestal, serão criadas duas linhas de crédito, uma de 5 milhões de euros para a instalação de parques para depósito da madeira ardida e outra de 3 milhões de euros para a comercialização da madeira ardida a preços considerados “razoáveis”.

No caso do setor agrícola, as medidas vão ser “adotadas de imediato” e servirão para apoiar a alimentação dos animais, nomeadamente com a criação de “cinco plataformas logísticas” para a entrega de elementos compostos para animais encomendados pelo Governo à indústria de rações portuguesa.

Segundo Capoulas Santos, existem neste momento necessidades “muito urgentes de alimentação animal”, que se estimam que estejam na ordem de meio milhão de ovinos e de mais de 100 mil bovinos.