Agricultura

Jovens agricultores nacionais querem apoiar agricultura moçambicana

Jovens agricultores nacionais querem apoiar agricultura moçambicana

A Associação dos Jovens Agricultores de Portugal (AJAP) afirmou esta semana que pretende reforçar o seu apoio à agricultura de Moçambique através de parcerias com os agricultores do país.

No âmbito do ‘Fórum Qualidade e Competitividade Agro-Alimentar’, Firmino Cordeiro, diretor-geral da AJAP, sublinhou que Portugal tem registado vários avanços na agricultura que podem ser colocados ao serviço da agricultura moçambicana.

“A cooperação abre um campo em que é possível trazer mais tecnologia, promover mais formação profissional na agricultura e mais assistência técnica”, defendeu.

Segundo o responsável, a vocação da agricultura nacional para as exportações e os avanços ao nível da proteção da saúde animal e vegetal podem ser capitalizados em parcerias com os agricultores de Moçambique.

Esta ideia foi também reforçada por Eurico Brilhante Dias, secretário de Estado para a Internacionalização, que explicou que o setor agrícola é um dos setores que mais podem ajudar a estabelecer acordos de cooperação com aquele país africano.

“Para vencer o défice que enfrentava na balança da agricultura, Portugal teve de olhar para o setor primário com uma atenção particular e é essa experiência que pode partilhar com Moçambique”, defendeu.