Regadio

Ligação entre barragens nos planos do Governo

Ligação entre barragens nos planos do Governo

Para garantir que as reservas de água do país são suficientes para assegurar o abastecimento de água, o Governo revelou que pretende estabelecer ligações entre barragens. A notícia foi avançada pelo ministro do Ambiente, João Pedro Matos Fernandes, no final da reunião da Comissão Permanente de Prevenção, Monitorização e Acompanhamento dos Efeitos da Seca, que se realizou na passada semana.

Segundo o ministro do Ambiente, “a nossa prioridade é promover ligações entre as barragens, até porque, não chovendo, a existência da barragem, obviamente, não puxa a água, portanto temos é de garantir a capacidade de a poder transferir onde ela existe e de continuar a apelar ao uso mais moderado e mais racional da água.”

O governante sublinhou ainda que no que diz respeito ao plano de contingência anunciado pelo Governo contra a seca, “todo o calendário das medidas assumidas está a ser cumprido”, desde a limpeza dos fundos das barragens às ligações a partir de Alqueva para outras albufeiras.

Até 2021, o Executivo deverá investir cerca de 534 milhões de euros na reabilitação de perímetros de rega, algumas barragens destinadas a uso exclusivamente agrícola e a ampliação do projeto Alqueva, num conjunto global de cerca de novos 90 mil hectares de regadio.