Agricultura

Olivicultores debatem futuro do setor na PAC pós-2020

Olivicultores debatem futuro do setor na PAC pós-2020

A Federação Nacional das Cooperativas Agrícolas de Olivicultores (Fenazeites) realiza no próximo dia 12 de janeiro, em parceria com as Cooperativas Olivícolas de Trás-os-Montes, um encontro que terá como objetivo discutir o futuro da PAC pós-2020 e as suas implicações na olivicultura nacional.

De acordo com os responsáveis pelo encontro, o objetivo é perceber de que forma a nova PAC poderá impactar um setor que gera cerca de 30 milhões de euros anuais para a economia portuguesa e fazer um levantamento dos problemas mais urgentes do setor olivícola para apresentar ao Governo.

O azeite de Trás-os-Montes, produto com Denominação de Origem Protegida (DOP), representa 35% da produção nacional e trem um peso económico significativo na região. Durante este evento marcarão presença vários oradores que representam este setor na região: o Presidente da Cooperativa Agrícola de Macedo de Cavaleiros, Luís Rodrigues; o Secretário-Geral da Confagri, Francisco Silva; a Secretária-Geral da Fenazeites, Patrícia Falcão Duarte; a Sub-Diretora Geral da DGAV, Paula Cruz de Carvalho; o Inspetor-chefe da ASAE, António Carlos Paulo Lima; e Arlindo Cunha, da Universidade Católica do Porto.