Agricultura

Projeto europeu para a diversificação de culturas também já é exemplo de igualdade de género

Projeto europeu para a diversificação de culturas também já é exemplo de igualdade de género

O Diverfarming, projeto financiado pela Comissão Europeia e que aposta na diversificação cultural, é já considerado um modelo de paridade no setor, graças a uma equipa com 69 investigadoras e técnicas do género feminino (47% da força de trabalho da iniciativa). De acordo com a imprensa internacional, o projeto pretende impulsionar a aposta em novas culturas agrícolas, mas o seu maior passo está a ser dada na igualdade de género.

Segundo a Oleo Revista, a coordenação do projeto está maioritariamente a cargo de mulheres, como é o caso de Beatriz Lozano, investigadora de la Universidade de Córdoba que coordena os projetos na região do Mediterrâneo Sul, ou de Alessandra Trinchera, do Conselho de Investigação em Agricultura e Análise de Economia Agrária.

Mas não é apenas na coordenação do projeto europeu que estão a ser dados passos importantes para a promoção da igualdade de género. De acordo com a publicação, a iniciativa está a desenvolver várias medidas que vão desde atividades de capacitação para mulheres à promoção da participação de mulheres agricultoras e técnicas do setor.