Agricultura

Sistema agro-silvo-pastoril português é património mundial

Sistema agro-silvo-pastoril português é património mundial

O Sistema Agro-Silvo-Pastoril do Barroso, que abrange os concelhos de Boticas e Montalegre, foi aprovado como um Sistema Importante do Património Agrícola Mundial (GIAHS) pela Organização das Nações Unidas para a Agricultura e Alimentação (FAO). Este reconhecimento é o culminar de um processo iniciado em 2017, com uma candidatura à classificação deste território, e é o primeiro a ser aprovado em Portugal.

O Sistema Importante do Património Agrícola Mundial (GIAHS) é um processo promovido pela FAO que tem como objetivo identificar e certificar os sistemas de agricultura tradicional que, pelas suas características do ponto de vista da diversidade, saber tradicional, biodiversidade, paisagem, modelo socioeconómico e resiliência face às alterações humanas, climáticas e ambientais, possam contribuir para melhorar a gestão dos agro-sistemas modernos.

De acordo com o Ministério da Agricultura, a candidatura deste sistema português foi entregue à FAO pela Associação de Desenvolvimento da Região do Alto Tâmega (ADRAT), as câmaras municipais de Boticas e Montalegre, as Universidades do Minho e de Trás-os-Montes, organizações e associações de produtores agrícolas, profissionais do setor e cidadãos da região.