- Vida Rural - http://www.vidarural.pt -

Syngenta investe 2 mil M$ em sustentabilidade

A Syngenta anunciou esta semana que vai investir cerca de 2 mil milhões de dólares, nos próximos cinco anos, em inovação destinada a apoiar os agricultores a prepararem-se para as ameaças causadas pelas alterações climáticas [1].

“O investimento visa pôr em prática um novo objetivo de sustentabilidade da Syngenta, que consiste em lançar, anualmente, pelo menos dois avanços tecnológicos disruptivos no mercado, visando reduzir o impacto da agricultura nas alterações climáticas, aproveitar a sua capacidade de mitigação e ajudar o sistema alimentar a permanecer dentro dos limites planetários”, explica a Syngenta numa nota enviada às redações.

Erik Fyrwald, CEO da Syngenta, revela que o investimento anunciado em investigação e desenvolvimento em agricultura sustentável será acompanhado por um esforço para reduzir as emissões de carbono nas operações da empresa em pelo menos 50% até 2030, contribuindo para os objetivos do Acordo de Paris sobre as Alterações Climáticas.

“A agricultura está agora na linha de frente dos esforços globais para enfrentar as alterações climáticas. A Syngenta tem o compromisso de acelerar a sua inovação para encontrar soluções melhores e cada vez mais seguras para enfrentar o desafio coletivo das alterações climáticas e da perda da biodiversidade”, defende Erik Fyrwald.

“Não é apenas um discurso, são ações concretas que vão direcionar o foco da Syngenta para ajudar os agricultores a enfrentar as alterações climáticas e reduzir a contribuição do setor para as emissões de gases com efeito de estufa no mundo”, acrescenta o CEO da Syngenta.

A empresa está ainda, através de uma colaboração plurianual com The Nature Conservancy, a desenvolver estratégias para identificar e testar inovações e tecnologias que possam beneficiar os agricultores e contribuir para resultados ambientais positivos. A colaboração baseia-se em esforços para promover a saúde dos solos, eficiência de recursos e proteção dos habitats em importantes regiões agrícolas do todo o mundo.

Esta estratégia está integrada no compromisso da Syngenta para acelerar a inovação, lançado em abril deste ano e que tem como objetivo para fazer frente aos crescentes desafios enfrentados pelos agricultores devido às alterações climáticas, erosão do solo e perda da biodiversidade.