Batata

Produtores querem retirada de batata do mercado para impulsionar preços

Produtores de batata pedem retirada de batata do mercado para impulsionar preços

O alerta é da PORBATATA – Associação da Batata de Portugal, criada em 2016 para defender os interesses dos produtores e da batata nacional: o excesso de produção de batata no mercado nacional só pode ser resolvido com a retirada de produto do mercado. Os produtores já pediram uma reunião urgente com o Ministério da Agricultura.

A associação sugere que sejam criadas condições de armazenamento para seja possível retirar batata do mercado e aumentar os preços pagos ao produtor, já que o excesso de oferta tem vindo a empurrar os preços para os valores mais baixos dos últimos meses.

Citado pela agência Lusa, o presidente da PORBATATA, António Gomes, defende que aos preços que estão a ser pagos ao produtor não é possível pagar os custos de produção. “Como o preço baixou tanto no mercado, nenhum produtor consegue vender a um preço razoável. Estamos com preços que não dá para pagar nem um quarto do custo de produção e os agricultores estão a ter um prejuízo enorme com a produção da batata este ano.”

O responsável explica também que pelo facto de a colheita começar e maio e só terminar no final de agosto faz com que seja necessário conservar a batata em sistemas de refrigeração que “são caros e à partida as organizações não têm grandes unidades, pelo que se teriam que alugar” fora do setor.

A associação ainda está a aguardar pela resposta do Ministério da Agricultura ao pedido de reunião.