Agroquímicos

Serpa substitui glifosato com vapor de água e óleo

agroquímicos

A Câmara Municipal de Serpa está a testar uma alternativa ao glifosato, sem químicos: uma mistura de óleo vegetal reciclado e vapor de água que deverá eliminar ervas daninhas e musgos. De acordo com a Rádio Renascença, trata-se de um equipamento de deservagem térmica que destrói as células das plantas a elevadas temperaturas.

Carlos Alves, vice-presidente da Câmara de Serpa, explica à rádio que o processo chama-se “monda térmica” e destrói as plantas com temperaturas “entre os 160 e 180 graus”. “Queremos acabar com as queixas da população expostas a alguns riscos e além do mais as questões ambientais são para nós, uma prioridade”, acrescenta.

“Estamos a ponderar os custos/benefícios, mas estamos em crer que a saúde dos nossos munícipes e a vida do Planeta não têm preço”, acrescentando que a autarquia está a ponderar a compra da máquina para, “no futuro, poder ser usada em todo o concelho”.