Quantcast
Agricultura

Agricultura algarvia contra integração das DRAP nas CCDR

Agricultura algarvia contra integração das DRAP nas CCDR

O Agrupamento de Alfarroba e Amêndoa CRL (AGRUPA), a Associação de Operadores de Citrinos do Algarve (ALGARORANGE), a Associação dos Agentes Económicos Produtores de Vinho do Algarve (AAEPVA) e o Centro de vendas Hortofrutícolas do Algarve (MADREFRUTA) condenam a integração das Direções Regionais de Agricultura e Pescas (DRAP) nas Comissões de Coordenação e Desenvolvimento Regional (CCDR).

Em comunicado, as associações declaram que “com a extinção das DRAP, está em causa a política de proximidade do Ministério da Agricultura na produção de alimentos e na atividade do mundo agrícola, prevendo-se um acréscimo de burocracia que se irá traduzir em mais falta de apoio e menor proximidade para com os agentes no território”.

banner APP VR Mobile
 

“A concretizar-se esta extinção das DRAP com a eventual desagregação dos seus serviços e competências e atendendo a anteriores processos de transferência de competências, a perspetiva aponta para a possibilidade de muitas das suas atuais valências acabarem por ficar pelo caminho”, explicam.

Finalmente, as quatro organizações salientam que a integração nas CCDR’s “pode configurar desinteresse por um sector importante para a nossa região”.