Agricultura

Bolsa de Terras pretende promover novos projetos rurais

Federação Minha Terra diz que criação de Ministério da Coesão Territorial é “oportunidade para os territórios rurais”

A COAPE – Cooperativa Agropecuária dos Agricultores de Mangualde, em parceira com o Município de Mangualde, está a promover uma nova fase de candidaturas para a atribuição de terrenos para exploração agropecuária – área agrícola, pecuária ou pastorícia.

Esta é uma oportunidade para os empreendedores rurais começarem os seus projetos.

“São mais de 28 hectares de terrenos que neste momento estão sem utilização e que agora, aguardam nova vida.  No âmbito do Bolsa de Terras, estão, assim, disponíveis para exploração por via do arrendamento direto”, explica a COAPE em comunicado.

Os terrenos disponíveis situam-se em Mangualde, nas freguesias de Santiago de Cassurrães, Mesquitela e Cunha Alta, Cunha Baixa; Fornos de Algodres, na freguesia de Juncais, Vila Ruiva e Vila Soeiro do Chão; Nelas, na freguesia de Senhorim.

Os interessados no arrendamento de terrenos devem formalizar a intenção de concorrer até 14 de julho através do e-mail cideca@coape.pt, indicando o nome completo, número de contribuinte, data de nascimento, morada e naturalidade.

Posteriormente, serão contactados individualmente para a realização de visitas aos terrenos disponíveis, em data a designar.

A formalização das candidaturas decorrerá entre os dias 20 a 22 de julho e poderá consultar as condições aqui.

A sessão pública de atribuição dos terrenos terá lugar no Auditório da Câmara Municipal de Mangualde, no dia 24 de julho de 2020, às 14h.