Quantcast
Agricultura

CAP lança plano para acelerar recuperação económica e impulsionar setor agroflorestal

A CAP – Confederação dos Agricultores de Portugal apresenta dia 24 de setembro, pelas 14h30, no Centro Cultural de Belém, o documento estratégico “Ambição Agro 2020-30”, que representa o contributo dos Agricultores portugueses para o Plano de Recuperação da Economia nacional.

A cerimónia, que será transmitida via Zoom, vai contar com a presença do Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, por videoconferência, e com a intervenção (gravada) do Primeiro Ministro, António Costa.

Pedro Siza Vieira, ministro de Estado, da Economia e da Transição Digital, e Maria do Céu Antunes, ministra da Agricultura, estarão presentes, bem como o secretário de Estado da Defesa do Consumidor, João Torres, a secretária de Estado da Valorização do Interior, Isabel Ferreira, e o secretário de Estado da Agricultura e do Desenvolvimento Rural, Nuno Russo. O evento conta ainda com o responsável pela Visão Estratégica para o Plano de Recuperação da Economia de Portugal, António Costa Silva.

“Perante o conjunto de decisões tomadas a nível europeu no sentido de permitir aos países da União Europeia a recuperação da atividade económica, a CAP, enquanto parceiro social e em representação dos Agricultores de Portugal, elaborou um conjunto de propostas que, a serem enquadradas nas decisões políticas que o Governo se prepara para anunciar e apresentar em Bruxelas, permitirão a montagem de uma estratégia de desenvolvimento do setor agroflorestal e um impulso para a coesão e progresso social”, refere a confederação em comunicado.

A CAP refere ainda que considera “o momento oportuno para tornar público um conjunto de orientações estratégicas que visem acelerar a modernização da economia nacional, impulsionando a atividade agrícola e toda a fileira industrial com esta relacionada. Um movimento de intensificação que procura também o desenvolvimento das regiões do Interior do País, interligando os diferentes setores de atividade direta e indiretamente ligados à agricultura e floresta”.

O documento “Ambição Agro 2020-30” identifica as áreas de atuação vitais para o desenvolvimento do setor e conta com as contribuições de um painel alargado de especialistas.