- Vida Rural - https://www.vidarural.pt -

Centro de tecnologia aplicada às sementes da Corteva Agriscience abre na Europa

A Corteva Agriscience [1] abriu o seu primeiro Centro de Tecnologias Aplicadas às Sementes na Europa (e terceiro no mundo), localizado em França, com o objetivo de ajudar os produtores agrícolas europeus a obter melhores resultados nas suas culturas e conseguirem obter colheitas mais rentáveis.

Em comunicado, a empresa explica que o Center for Seed Applied Technologies (CSAT) irá centrar-se no desenvolvimento do serviço, com um forte investimento científico que fará parte das novas soluções de tratamento de sementes. O CSAT vai funcionar como laboratório, centro de testes e local de tratamento de sementes.

banner APP [2]
 

“A abertura do primeiro CSAT na Europa é uma boa notícia para a inovação e irá ajudar a proporcionar as ferramentas que os produtores agrícolas precisam para uma produção alimentar mais sustentável”, considera o presidente da Corteva Agriscience, Europa, Igor Teslenko.

A Corteva Agriscience [3] investiu cerca de seis milhões de euros neste projeto como parte da estratégia da empresa para reforçar a sua oferta de sementes na Europa.