Enoturismo

Congresso Internacional de Enoturismo arranca em Viana do Castelo

Congresso Internacional de Enoturismo arranca em Viana do Castelo

“Conhecer a procura de enoturismo no mundo. Estudo sobre a Europa (Alemanha, França e Reino Unido), mercados emergentes (Ásia e Brasil) e Internet” é o mote do Congresso Internacional de Enoturismo, que arranca já no próximo dia 2 de julho, em Viana do Castelo, e que se estende até ao dia 4 de julho com passagens por Monção, Ponte da Barca, Ponte de Lima e Cambados, em Espanha.

O evento é da responsabilidade da Aenotur – Associação Internacional de Enoturismo, em colaboração com os municípios portugueses e espanhol, e é uma continuação do 4.º Congresso Latino-Americano de Enoturismo, realizado no Brasil em 2014, e que este ano irá desenvolver-se em duas edições: uma na Europa, em julho, e outra na América Latina, em setembro.

O primeiro dia do congresso decorre em Viana do Castelo, no Auditório Professor Lima de Carvalho, no Instituto Politécnico de Viana do Castelo. O intercâmbio de conhecimentos entre os países europeus e sul-americanos será um dos principais pontos de partida, com conferências abertas e reuniões técnicas e ainda visitas experimentais a adegas, espaços de enoturismo e vinhas da região do Minho e da região da Galiza.

“Os fatores determinantes da procura de enoturismo por países e canais de comercialização, a oferta de produtos de enoturismo em mercados como o Reino Unido, França e Alemanha e as potencialidades de mercados emergentes como a Rússia, China, Japão e Brasil estarão no centro das temáticas que irão ser abordadas neste Congresso, que dedica o último dia, 4 de julho, à Internet como uma importante ferramenta de promoção de destinos enoturísticos”, explica a Associação de Municípios Portugueses do Vinho em comunicado.