Agricultura

Corteva Agriscience e Nomisma apresentam estudo sobre controlo de insetos sugadores

cochonilhas

A Corteva Agriscience publicou um estudo que analisa os benefícios da utilização de Isoclast, uma molécula que se destina ao controlo de insetos sugadores, como as cochonilhas, afídeos e mosca branca, que se alimentam da seiva em culturas de macieira, pessegueiro, tomate, batata e outras. Em colaboração com o grupo Nomisma, a Corteva Agriscience apresentou o resultado deste estudo na feira Fruit Logistica, em Berlim.

Na apresentação, as empresas destacaram que 54 milhões de hectares, o que representa 31% das explorações agrícolas no total da Europa, poderiam beneficiar da utilização deste produto.

O Isoclast pode, segundo o estudo, ajudar os agricultores europeus a protegerem as suas culturas e evitar perdas de milhares de milhões de euros, uma vez que a área de cultura acima referida apresenta uma produção agrícola com um valor de 129 000 milhões de euros.  De acordo com a Corteva, a principal caraterística deste produto é a de atribuir às plantas uma maior resistência à lavagem em comparação com outras substâncias ativas utilizadas para o controlo de pragas.