Quantcast
Vinha e Vinho

Exportações de vinho crescem 10% no primeiro semestre

Exportações dos vinhos do Alentejo crescem 12% em 2017

As exportações nacionais de vinho registaram um incremento de 10% nos primeiros seis meses do ano. De acordo com o Ministério da Agricultura, importa destacar a recuperação de quotas de mercados que no ano passado registaram quedas acentuadas, como é o caso da China, que agora regista uma recuperação de 29%, e do Brasil, com uma recuperação de 79%.

Também o mercado angolano, que nos últimos anos tem vindo a diminuir as suas compras a Portugal, registou neste primeiro semestre do ano um crescimento de 136%.

“A afirmação do setor do vinho nos mercados estrangeiros é uma evidência. A um cada vez maior reconhecimento da qualidade e da diversidade dos vinhos portugueses, para os quais os produtores têm seguido uma estratégia determinada de investimento na inovação”, explica o Secretário de Estado da Agricultura e Alimentação, Luís Vieira.

Presentes em mais de 150 países, os vinhos portugueses têm vindo também a recuperar a nível doméstico, registando um crescimento de 3% nas vendas durante o primeiro semestre. Para Luís Vieira, “este aumento de vendas no mercado nacional está seguramente ligado ao crescimento do turismo, associado à recuperação do setor da restauração, que apresenta um aumento de vendas de 17,6%”.

Para além disso, registou-se ainda um aumento de valor de 6,5% para os vinhos certificados, facto que o Secretário de Estado da Agricultura e Alimentação assinala “com grande satisfação, revelador da cada vez maior valorização dos nossos vinhos”.

O aumento das exportações do setor do vinho acompanhou o crescimento das exportações do setor agroalimentar, que conseguiram um incremento de 15% nos primeiros seis meses deste ano.