- Vida Rural - https://www.vidarural.pt -

Já são conhecidos os vencedores da 6.ª edição do Prémio Intermarché Produção Nacional

Foram esta semana conhecidos os vencedores da 6.ª do Prémio Intermarché Produção Nacional (PIPN) [1], numa cerimónia que decorreu na Câmara do Comércio e Indústria Portuguesa.

Na edição deste ano, as empresas cujos projetos obtiveram a melhor avaliação do júri combinando as vertentes de inovação, sustentabilidade e respeito pelas origens foram: José Azóia (Grão de Bico – Casal do Vouga) e Joaquim Farófia (Mel de Rosmaninho – Margens do Alqueva) na categoria Produção Primária; Miguel Guisado (Aguardente de Perada de Pêra Rocha) e Bézé (Queijo de Cabra), em Produtos Transformados; Arvólea (Azeite Biológico), em Inovação em Embalagem e Engenho dos Paladares (Queijos Paladares Paroquiais) em Ideias com Potencial. Pela qualidade dos projetos apresentados o Júri decidiu ainda atribuir duas Menções Honrosas aos que, não tendo sido premiados, se destacaram pela sua qualidade e potencial: a Horticilha com o Goomato e a Qêpêtê com a Quinoa Portuguesa em Grão. A primeira Menção Honrosa na categoria Inovação Embalagem e a segunda em Produção Primária

 

O escoamento dos produtos dos projetos vencedores será assegurado na rede nacional de lojas do Intermarché.

banner APP [2]

Martinho Lopes, Administrador do Intermarché, sublinha que “é um orgulho para nós que esta seja já a 6ª edição deste Prémio, o que reflete a importância crescente deste setor, que podemos afirmar estar cada vez mais profissionalizado e de boa saúde. Quero salientar o número e a qualidade das candidaturas, o que revela que o Prémio Intermarché Produção Nacional é encarado por muitos produtores como uma grande oportunidade para ver o seu negócio reconhecido pelo setor e conhecido pelo consumidor, objetivos fáceis de alcançar com a visibilidade que o Prémio oferece e com a entrada no circuito da grande distribuição. Um salto de gigante proporcionado pelo Intermarché”.

 

Os vencedores foram: