Quantcast
Sustentabilidade

Programa de descarbonização promovido pela Bayer é expandido para Europa

A Bayer anunciou o lançamento europeu da sua Iniciativa de Carbono global, que tem como objetivo a descarbonização da cadeia alimentar.

A Bayer anunciou o lançamento europeu da sua Iniciativa de Carbono global, que tem como objetivo a descarbonização da cadeia de valor alimentar com foco nas atividades dos agricultores para um sistema alimentar mais resiliente e sustentável.

Em comunicado, a empresa informa que o novo Programa Europeu de Carbono “reconhece o papel central que os produtores e as suas terras podem desempenhar para ajudar a criar impactos ambientais positivos e duradouros” e é parte integrante dos compromissos de sustentabilidade da Bayer, especificamente voltados para a redução das emissões de gases com efeito de estufa (GEE) nos campos em 30%, em 2030.

Para apoiar estas operações, a Bayer desenvolverá uma ferramenta digital que permitirá aos agricultores reivindicar recompensas com base em dados exatos e verificados.

“A ideia principal é recompensar os produtores por adotarem práticas agrícolas inteligentes para o clima, como o uso de culturas de cobertura, redução de lavoura, rotação de culturas e aplicação precisa de azoto. Estas atividades sequestram carbono no solo ao mesmo tempo que melhoram a saúde, resiliência e produtividade do solo, bem como limitam as emissões, explica Lionnel Alexandre, líder do Carbon Business Venture para a Europa, Médio Oriente e África da Bayer Crop Science.

Os 27 agricultores participantes de sete países estão a contribuir coletivamente com cerca de 500 hectares de terra das suas explorações agrícolas localizadas em França, Espanha, Bélgica, Dinamarca, Alemanha, bem como na Ucrânia e no Reino Unido. As discussões com diversos processadores e retalhistas de alimentos estão em curso e espera-se que adiram ao Programa de Carbono até ao final do ano. O programa tem uma duração de três anos.