- Vida Rural - https://www.vidarural.pt -

Startups com tecnologia aplicada ao sector agrícola recebem apoios à internacionalização

A WiseCrop [1] e a EntoGreen [2] vão beneficiar de um programa de reuniões à medida que têm como objetivo conhecer o mercado britânico e estabelecer contactos com especialistas e incubadoras de startups. Este programa é oferecido pelo Departamento de Comércio Internacional (DIT-UK) da Embaixada Britânica em Lisboa e pela Inovisa, que formaram uma parceria no âmbito do programa cropUP para apoiar startups nacionais com projetos inovadores na área da tecnologia aplicada ao sector agrícola.

Foram cinco as startups nacionais que integraram o programa cropUP – EntoGreen, Agri Marketplace, Faarm, Wisecrop e Farmcloud. As grandes vencedoras foram a EntoGreen e a Wisecrop.

banner APP [3]
 

Matthew Kealey, especialista em Agricultura de Precisão, sublinha que “foi uma escolha difícil, pois este grupo apresentou projetos com muita qualidade e ambição. O programa cropUP nasceu com o objetivo de apoiar startups AgTech que desenvolvem produtos ou serviços que ajudem a melhorar o sector agrícola, alimentar e florestal. Entre as várias atividades que estão englobadas neste programa encontra-se o apoio à internacionalização, onde colocamos as nossas startups em contacto com entidades que podem ajudar neste processo.”

Já Ana Cristina Abreu, Assessora de Investimento do DIT-UK/Embaixada Britânica em Lisboa, refere que “esta foi uma oportunidade fantástica de podermos conhecer projetos verdadeiramente inovadores de empresas Portuguesas que identificaram o Reino Unido como um mercado alvo para se expandirem. O reconhecimento da qualidade dos projetos foi unânime por parte dos especialistas britânicos que estiveram envolvidos neste processo. A colaboração com a Inovisa tem sido muito positiva e esperamos poder continuar a trabalhar com estas empresas para que muito em breve venham a fazer parte do sector de agri-tecnologia britânico.”