04 de junho | Oportunidades para os frutos secos

Apresentação
QUAIS OS FRUTOS SECOS COM MAIOR POTENCIAL DE PRODUÇÃO NO PAÍS?
Portugal tem excelentes condições para a produção de frutos secos. Nozes, castanhas, amêndoas ou avelãs são alguns clássicos que se juntam a novas culturas como o amendoim ou o pistácio. A fotografia do setor, cultura a cultura por Carlos Silva, presidente do Centro Nacional de Competências para os Frutos Secos.

Carlos Silva
Gustavo Caetano

Entrevista
PISTÁCIO: UMA ALTERNATIVA PARA RENTABILIZAR SOLOS POBRES?
É uma história que começa por estes dias. Sem histórico em Portugal, a cultura do pistácio começa a dar os primeiros passos. Gustavo Caetano, consultor da Agroanalítica, partilha a sua experiência na instalação de um pomar desta nova cultura, no Alandroal, Alentejo.

Mesa redonda
À PROCURA DE OPORTUNIDADES
Entender o mercado. Investir. Reconverter. Valorizar. Estar preparado para mudar. Histórias de produtores que trocaram a incerteza das commodities por culturas com maior valor acrescentado. Rodrigo Vinagre, da Torriba, Helena Manuel da Herdade dos Lagos, João Freire de Andrade, da Quinta da Lagoalva de Baixo e João Braga da Casa do Carvalhal contam as suas experiências com amendoim, alfarroba, amêndoa e noz.

Mesa redonda

14 de maio | Reinventar as cadeias de distribuição

Apresentação
MERCADO: TENDÊNCIAS DE CONSUMO E NOVOS CANAIS
O que mudou no cabaz de compras alimentares dos portugueses durante o período crítico da pandemia? Que tendências de consumo vão ficar para os próximos meses no agroalimentar? Os novos canais vieram para ficar?
Pedro Pimentel, diretor-geral a Centromarca fez uma análise do comportamento do consumidor e as perspetivas de futuro no mercado alimentar.

oradores_landing
oradores_landing2

Entrevista
RECENTRAR A CADEIA DE ABASTECIMENTO: O PAPEL DA GRANDE DISTRIBUIÇÃO
O que mudou e vai mudar na relação entre a produção e a grande distribuição? As compras vão ser mais locais e reginais? Os pequenos produtores têm capacidade para abastecer as grandes cadeias? Com que regras e em que condições?
Ondina Afonso, presidente do Clube de Produtores Sonae responde.

Mesa redonda
O POTENCIAL DOS NOVOS CANAIS
Cadeias curtas, e-commerce, redes sociais, cabazes ou entregas porta-a-porta. As soluções para contornar a disrupção do mercado foram muitas e criadas em tempo recorde. Mas serão estratégias com futuro? O que vai ficar de verdadeiramente estruturante destes novos canais para os próximos tempos? Uma conversa com Nuno Crispim, da Vitacress, Tomás Lancastre, da Microgreens, Alexandre Relvas Jr, da Casa Relvas, Francisco Pavão, da Casa de Santo Amaro e a participação especial de Paulo Fernandes, da Câmara Municipal do Fundão, para falar da campanha online da cereja.

oradores_landing3