Vinha e vinho

Aguardente vínica dá lugar a gel desinfetante

Uma parceria entre a Unidade Local de Saúde do Baixo Alentejo (ULSBA) e a Adega Cooperativa de Vidigueira, Cuba e Alvito (ACVCA), concluiu com êxito os testes de uma solução de gel antisséptico à base de álcool, proveniente de aguardente vínica, para desinfeção das mãos.

O desinfetante tem como destino prioritário o Hospital José Joaquim Fernandes. A Adega usou uma fórmula de produção recomendada pela Organização Mundial de Saúde, ajustando-a à sua realidade. O processo foi coordenado pelo departamento técnico da adega e acompanhado pelo presidente José Miguel Almeida.

Luis Morgado Leão, enólogo da ACVCA explica que o produto foi desenvolvido “através de quantidades controladas de glicerina, peróxido de hidrogénio e aguardente vínica, com os quais foi possível criar um gel antisséptico eficaz e que respeita as normais de qualidade e segurança”.