Quantcast
Agroindústria

Grupo Sogepoc cria primeira fábrica de processamento de nozes no Alentejo

Investir em nogueiral no Alentejo

A primeira fábrica de processamento de nozes em Portugal será construída no Alentejo, em São Manços, concelho de Évora. Segundo informação noticiada pela Televisão do Sul (TDS), esta nova unidade fabril, cuja inauguração está prevista para o próximo dia 13 de novembro,  resulta de um investimento de cerca de 6,2 milhões de euros por parte do Grupo Sogepoc.

Este projeto considera uma área de 647 hectares em Portugal, dos quais 477 hectares são destinados a nogueiras e 170 a amendoeiras, em S. Manços e em Veiros, no concelho de Estremoz.

Dado que as duas primeiras fases do projeto já estão em funcionamento, o viveiro (de plantas de nogueira) e a exploração agrícola, o Grupo Sogepoc avança agora para a criação da fábrica de processamento de nozes Nogam, que será a primeira em Portugal.

A TDS adianta ainda que este investimento do Grupo Sogepoc permitirá, não só processar a produção no Grupo, como também a produção de terceiros, o que poderá “incentivar fortemente o crescimento da produção de nozes em Portugal”.

Desde 2016 que o Grupo Sogepoc, com capital português, tem vindo a fazer um investimento no setor dos frutos secos e tem procurado dar resposta ao aumento do consumo destes produtos.