Quantcast
Agricultura

Preços agrícolas aumentam mais na média europeia que em Portugal

iStock 1388140653

Os preços dos produtos agrícolas, assim como dos fatores de produção aumentaram em toda a União Europeia. Em Portugal, a subida foi inferior à média europeia.

De acordo com o Eurostat, no terceiro trimestre de 2022, os preços dos produtos agrícolas na UE aumentaram 30% em comparação com o período homólogo. O aumento é uma aceleração face ao aumento de 25% registado entre o segundo trimestre de 2021 e 2022. Os cereais (+52%), os ovos (+49%) e o leite (+42%) registaram os maiores aumentos.

 

No caso de Portugal, o aumento registado entre o terceiro trimestre de 2021 e 2022 foi inferior à média europeia, com os preços a aumentarem 28,3%. Os maiores aumentos foram registados na Hungria (+61%), Lituânia (+54%) e Eslováquia (+46%). Já os menores aumentos ocorreram em Chipre, Malta (ambos +5%) e Grécia (+9%).

Quanto ao preço dos fatores de produção, a União Europeia registou um aumento de 35% entre o terceiro trimestre de 2021 e 2022. O valor é semelhante ao aumento registado entre o segundo trimestre de 2021 e 2022 (+36%). O preço dos fertilizantes duplicou (+101%), com os preços da energia (+60%) e da alimentação animal (+35%) com grandes aumentos.

banner APP VR Mobile
 

Em Portugal, o aumento dos custos dos fatores de produção foi de 32%. Os países mais afetados foram a Lituânia (+73%), Letónia (+68%) e Hungria (+60%). Malta (+13%), Dinamarca (+24%) e Itália (+25%) registaram o maior impacto a este nível.

Agricultural price indices Q32022 2 scaled