- Vida Rural - https://www.vidarural.pt -

Tomate e milho dominam catálogo nacional de variedades agrícolas e hortícolas

O tomate [1] e o milho [2] são os produtos agroalimentares com mais variedades agrícolas e hortícolas declaradas em Portugal, possuindo, respetivamente, 203 e 177 denominações, revelam os dados divulgados pela Direção-Geral de Alimentação e Veterinária (DGAV). Ao todo, Portugal possui mais de 960 variedades [3] agrícolas e hortícolas declaradas, avança a agência Lusa.

“De acordo com a legislação comunitária e nacional, salvaguardando as exceções prevista na lei, só é admitida a produção, certificação e comercialização de sementes de variedades inscritas nos catálogos comuns de variedades de espécies agrícolas e hortícolas ou no Catálogo Nacional de Variedades de Espécies Agrícolas e Hortícolas (CNV)”, lê-se no catálogo [4] divulgado pela DGAV.

 

Designações por categorias

Seguem-se na listagem o grão-de-bico (12), grão-de-bico variedades de conservação (uma), língua-de-ovelha (uma), luzerna (13), entre outros. Por sua vez, as oleaginosas incluem o girassol (90) e o linho (uma).

banner APP [5]

Já na categoria hortícola destaca-se o tomate com 203 designações, como a buda, dancer, everest, júpiter e lester, seguido pelo melão (50), melancia (48) e pimento (37), entre outros.

 

Para serem inscritas no catálogo nacional, as variedades são submetidas a ensaios oficiais realizados pela DGAV, sendo que no caso das espécies agrícolas acrescem ensaios de valor agronómico e de utilização.

Pode consultar o catálogo completo, aqui [4].