Quantcast
Regadio

aQuacer quer promover a eficiência no uso da água nos cereais

logo principal aquacer rgb cores

A Associação Nacional de Produtores de Milho e Sorgo (ANPROMIS), a Associação Nacional de Proteaginosas, Oleaginosas e Cereais (ANPOC) e o Centro de Competência do Arroz (COTARROZ), em cooperação com o Centro de Competências para o Regadio Nacional (COTR) e o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA), uniram-se na criação do projeto aQuacer. Este projeto pretende responder ao repto da Fundação Calouste Gulbenkian de valorização da água no setor agroalimentar, tendo visto a sua candidatura ao concurso de apoio à demonstração na gestão da água da rega, recentemente aprovada.

Em comunicado, as cinco entidades notam que o projeto quer promover o uso eficiente da água nas culturas dos cereais através da organização de dez ações de demonstração específicas para cada tipo de cultura e adaptadas às regiões onde predomina o seu cultivo:

banner APP
  • Cultura do milho no Ribatejo e no Vale do Mondego;
  • Cereais praganosos no Alentejo;
  • Cultura do arroz nestas 3 zonas geográficas.
 

Para o secretário-geral da ANPROMIS, Tiago Silva Pinto, “o setor dos cereais tem estado de mãos dadas no desenvolvimento desta fileira. E este desenvolvimento passa, não só pela estruturação e valorização da produção, mas também pela disseminação de conhecimento, contribuindo ativamente para a promoção da inovação, sustentabilidade e eficiência do uso dos recursos”.

No final do projeto aQuacer será organizada uma Conferência de balanço e apresentação das principais conclusões e linhas de atuação futuras.