Quantcast
Biotecnologia

Laboratório Rural em Paredes de Coura junta Portugal e Espanha

Paredes de Coura é o local do novo Laboratório Rural que junta o município de Paredes de Coura a mais nove entidades de Portugal e Espanha numa rede colaborativa. O projeto pretende estimular a inovação e o desenvolvimento rural, com especial destaque para a Paisagem Protegida do Corno de Bico.

Em comunicado, o presidente da Câmara Municipal de Paredes de Coura, Vítor Paulo Pereira, salienta que o Laboratório Rural surge no contexto “de fazer as coisas bem e de forma sustentada com o conhecimento mais atualizado de instituições e cientistas em permanente diálogo com a comunidade”.

 

O Laboratório Rural tem como objetivos:

banner APP
  • Estimular e responder a iniciativas das comunidades rurais que desejem adotar uma direção inovadora, mas sem os meios financeiros ou técnicos para fazê-lo;
  • Demonstrar a capacidade de renovar a ruralidade;
  • Explorar novos caminhos e soluções para as questões do desenvolvimento rural e ação climática;
  • Aumentar o controlo das áreas rurais sobre o seu futuro e o seu desenvolvimento;
  • Identificar caminhos de potencial sucesso e sustentáveis que possam servir de vitrine para outras comunidades rurais;
  • Captar e direcionar fontes de financiamento nacionais e/ou internacionais, articulando também a assistência financeira e acompanhamento técnico/investigação de projetos.

O autarca de Paredes de Coura defende que “o despovoamento rural e os avanços da floresta não são os melhores caminhos para assegurar com maior eficácia a proteção ambiental. A melhor forma de proteger o meio ambiente é através da presença humana nos territórios e da implementação de práticas inovadores que atualizam modos de produção, práticas e tecnologias antigas”.

 

Parceiros

Para além da Câmara Municipal de Parede de Coura, estão envolvidos no projeto: a Universidade da Coruña; a Universidade de Vigo; o Centro de Investigação em Biodiversidade e Recursos Genéticos (CIBIO – Universidade do Porto); o Instituto Superior de Agronomia (Lisboa); o Centro de Investigação de Montanha (CIMO – Instituto Politécnico de Bragança); o Instituto Politécnico de Viana do Castelo; a CIM Alto Minho; a Associação Portuguesa de Tracção Animal; e a Associação de Conservação do Habitat do Lobo Ibérico.

O desenvolvimento do projeto Laboratório Rural é participado por todas as entidades que subscrevem esta parceria, sendo a coordenação efetuada pelo município.