Quantcast
Biotecnologia

“Podem Pacto Ecológico e o PEPAC ignorar a biotecnologia?” analisa debate da CIB

CIB

O Centro de Informação de Biotecnologia (CiB) e a Confederação dos Agricultores de Portugal (CAP) promovem uma mesa-redonda que vai analisar se as estratégias do Pacto Ecológico Europeu e o Plano Estratégico da Política Agrícola Comum 2023-2027 refletem a importância da biotecnologia. A sessão decorre na manhã do dia 25 de março, entre as 10:00 e as 12:30, em formato online.

“As metas marcadas pela estratégia do Prado ao Prato permitirão manter a segurança alimentar a uma população em crescimento com todos os grandes desafios que se advinham para a agricultura nos próximos anos (alterações climáticas, novas pestes emergentes, eventos de pandemia e guerra)? Para que estes objetivos se cumpram, a União Europeia não pode, não deve menosprezar o papel das ferramentas biotecnológicas na produção mais eficiente e sustentável de alimentos”, consideram as duas entidades organizadoras, em comunicado.

Presentes na mesa estarão: o presidente da CAP, Eduardo Oliveira e Sousa; o presidente da ANSEME, António Sevinate Pinto; o presidente do CiB, Jorge Canhoto; e a sub-diretora da DGAV, Paula Carvalho.

banner APP VR Mobile

O debate será moderado pela diretora editorial e jornalista da VIDA RURAL, Isabel Martins, e o debate será antecedido pelas intervenções da vice-presidente do CiB, Felisbela Campos, e o diretor geral da CropLife Europe, Olivier de Matos. O encerramento estará a cargo do secretário-geral da CAP, Luís Mira.

As inscrições são gratuitas, mas obrigatórias.