Agricultura

60% do território nacional em risco de desertificação

60% do território nacional em risco de desertificação

60% do território português tem suscetibilidade moderara à desertificação e 11% tem uma suscetibilidade alta. Os dados chegam do Centro de Competências de Luta Contra a Desertificação, em Alcoutim, que está a trabalhar para salvar Portugal da seca e da desertificação.

De acordo com a TSF, este centro está a ‘desenhar’ o diagnóstico do país e indica que os sinais de seca no território nacional são cada vez mais evidentes. “O solo está degradado, temos destruição da vegetação e perda da produtividade biológica e económica”, o que leva ao despovoamento, revela Maria de Belém Freitas, professora da Universidade do Algarve que faz parte da equipa do Centro de Competências de Luta contra a Desertificação criado recentemente pelo Governo.

Para além do diagnóstico da situação, este grupo de trabalho pretende apresentar soluções, reunindo agentes de investigação, formação, capacitação, divulgação e transferência de conhecimento a agentes económicos e organismos da administração pública para “potenciar” a cooperação e o estudo para a problemática e “contribuir para o sucesso” do Programa de Ação Nacional de Combate à Desertificação (PANCD), revelou o secretário de Estado das Florestas, Miguel Freitas, na apresentação do projeto em 2018.

O centro irá ainda dar prevalência ao estudo dos fenómenos de desertificação associados à produtividade dos solos e às produções agrícolas, florestais, agroflorestais e de animais e à cinegética.