Quantcast
Agricultura

96,9% das explorações agrícolas da UE são familiares

Pequenos agricultores podem ficar isentos de IRS e Segurança Social

A União Europeia tinha em 2010 cerca de 12,2 milhões de explorações agrícolas. De acordo com o Agrodigital, 96,9% destas são explorações familiares.

Segundo os dados da UE, citados pelo portal, as explorações agrícolas familiares da Europa a 28 apenas utilizam 67,4% da superfície agrária disponível, 118 milhões de hectares. Já as explorações não familiares são 18 vezes maiores.

Os mesmos dados indicam ainda que 60% das explorações familiares concentram-se em três países: Roménia (32%), Itália (13,4%) e Polónia (12,6%). Por outro lado, as maiores superfícies cultivadas por explorações agrícolas familiares encontram-se em Espanha e França (quase 16 milhões de hectares cada um), seguidos da Polónia, Reino Unido e Alemanha.

No lado das explorações não familiares, cerca de 62% concentra-se em França (33%), Espanha (21%) e Itália (8%). Este tipo de explorações cultivam 57 milhões de hectares e as maiores superfícies cultivadas por explorações não familiares encontram-se em França (21,5%), Espanha (14%), Roménia (10%), Alemanha (8%) e Reino Unido (8%).

O Agrodigital refere ainda cerca de 30% dos proprietários de explorações agrícolas da UE têm 65 ou mais anos, enquanto os donos de explorações com menos de 25 anos são apenas 0,8% e os com menos de 35 anos são 7,5%.

Os proprietários mais jovens estão na Polónia, na República Checa e na Áustria, e os mais velhos estão em Portugal, com quase metade com 65 anos ou mais, na Roménia, na Bulgária, em Itália, na Lituânia e na Grécia.