Agricultura

Adaco requer controlo efetivo de animais selvagens que destroem culturas agrícolas

Permitida caça aos javalis para proteger culturas agrícolas

A Associação Distrital dos Agricultores de Coimbra (Adaco) pede a implementação de um “controlo efetivo” dos animais selvagens que têm destruído as culturas agrícolas.

“No distrito de Coimbra, os javalis – e nalgumas zonas também veados e corços – continuam a invadir as explorações agrícolas e mesmo florestais e a causar grandes prejuízos em várias culturas, sazonais e permanentes, e até em vedações e sistemas de rega instalados”, declara o coordenador da Adaco, Isménio Oliveira, citado pela Agência Lusa, numa notícia publicada no Notícias ao Minuto.

A organização reporta enormes os prejuízos nas culturas e refere que “o Ministério da Agricultura e o Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas (ICNF) não têm tomado medidas eficazes de controlo das populações de animais selvagens”.

A associação reclama, além do controlo do número de animais, a atribuição de indemnizações pelos prejuízos.

A Adaco sugere também a alteração do decreto-lei 2/2011, de 6 de janeiro, “de forma a responsabilizar mais o Ministério da Agricultura, o Ministério do Ambiente e da Ação Climática e o ICNF, pelos prejuízos causados” pelos animais selvagens.