Agricultura Biológica

Agricultura biológica nacional ganha federação

agricultura biológica

Foi criada no início deste ano a Federação Portuguesa de Agricultura Biológica (FPBIO). Com o objetivo de representar politicamente as organizações federadas junto dos políticos nacionais e instâncias comunitárias, esta organização é esta semana apresentada publicamente.

Numa nota enviada às redações, a Agrobio – Associação Portuguesa de Agricultura Biológica, uma das associadas desta federação, refere que “no momento em que está em curso a Estratégia e Plano de Ação Nacional para a Agricultura Biológica, a revisão da Regulamentação Europeia da Agricultura Biológica e em que tem ainda início a discussão da futura Política Agrícola Comunitária (2020-26), é altura destas organizações representadas na FPBIO assumirem um papel político determinante no futuro da Alimentação e Agricultura Biológica Nacional contribuindo para a Soberania e Segurança Alimentar Nacional.”

Fazem assim parte deste federação a Agrobio, a Bio Azórica – Cooperativa de Produtores Biológicos (Açores), a Bioprotect – Associação Nacional dos Engenheiros de Agricultura Biológica, a CopaNordeste – Cooperativa de Produtos Agrícolas (Macedo de Cavaleiros), a ESAC – Escola Superior Agrária de Coimbra, a Organica – Associação de Consumidores da Madeira, e a Quercus – Associação Nacional de Conservação da Natureza.