- Vida Rural - https://www.vidarural.pt -

Armazenamento de água nas bacias hidrográficas volta a descer em agosto

A quantidade de água armazenada nas bacias hidrográficas de Portugal Continental voltou a descer no mês de agosto, de acordo com dados do Sistema Nacional de Informação de Recursos Hídricos (SNIRH). [1]

Segundo os dados, das 60 albufeiras monitorizadas pelo SNIRH, nove apresentaram disponibilidades hídricas superiores a 80% do volume total e 21 têm disponibilidades inferiores a 40%. Para além disso, verifica-se que, em agosto, os níveis de armazenamento de água ficaram abaixo da média em nove bacias hidrográficas e apenas três apresentaram valores superiores.

 

A bacia do Ave está a 74,4% da sua capacidade, Guadiana a 70%, Cávado a 65,2%, Douro a 62,7%, Tejo a 61,6%, Barlavento a 60,1%, Mondego a 58,2%, Mira a 57,7%, Lima a 56,4%, Arade a 47,9%, Oeste a 47,1% e o Sado a 19,2.

banner APP [2]

O SNIRH diz também que no último dia do mês de agosto de 2017 e comparativamente ao último dia do mês anterior verificou-se uma descida no volume armazenado em todas as bacias hidrográficas monitorizadas.

 

O país está novamente a viver neste ano uma situação de seca, que já levou o ministro da Agricultura, Capoulas Santos, a pedir uma antecipação das ajudas aos agricultores mais afetados. [3] Dados publicados pelo INE indicam também que a produtividade dos cereais de outono/inverno deverá ser afetada pela seca.